Facebook UEE
Twitter UEE
Youtube UEE
Instagran UEE

Violência e machismo na Faculdade de Direito de São Bernardo

Por: Sara Puerta - 23/02/2016

Um levante de estudantes contra um professor está acontecendo em São Bernardo. O docente de Direito Penal, Tailson Pires Costa, da Faculdade de Direito de São Bernardo, é acusado de estupro, assédio e comentários machistas e piadas com violência contra a mulher durante as aulas.

Alunas relatam comentários absurdos do professor. Entre eles: "Se alguém estuprasse a Fernanda Montenegro seria por caridade” e “A prostituição é como a agricultura, dá alimento ao homem”.

Acusado de Estupro

Além dos comentários machistas e assédios, na ficha do professor existe uma acusação de estupro.  Uma aluna dele o denunciou pela violência, que ocorreu após inúmeros assédios.

A UEE-SP entrou em contato com Luís Fernando Moreno, advogado da vítima (que não terá identidade revelada para sua proteção), e contou que as abordagens sexuais surgiram após a estudante ter pedido auxílio legal ao professor após o irmão ter batido em um carro. Em outubro do ano passado ele a estuprou, conforme denúncia da jovem.

Segundo o advogado, a estudante foi internada em clínica por conta de problemas psiquiátricos decorrentes da violência.

Além disso, há  acusações de que o professor tenha assediado outras estudantes em outra instituição. Tailson denunciou as estudantes por calúnia e difamação no 1º DP (Distrito Policial) de São Bernardo.

Nessa segunda-feira, dia 22.02, aconteceu um segundo ato contra o professor, com a presença de  mais de 50 pessoas.  A Faculdade o afastou na última sexta-feira  e após abertura de uma sindicância, nessa semana ainda, deve sair a resolução se ele será exonerado do cargo, uma vez que os professores são concursados na instituição.

O estudante do 2º ano, Guillherme Roberto Duarte, informa que o clima na universidade, entre os discentes, é dividido: uma parcela é favorável ao afastamento dele até os términos da investigação e do processo, e uma minoria acredita que o ideal é o retorno dele às atividades, mesmo com o processo em andamento. 

 Com informações do Jornal ABCD Maior

 

 

 



   
Tags: UEE SP Contra o Machismo
   DENÚNCIAS
Confira as denúncias


© União Estadual dos Estudantes - 2014 / 2018
Rua Vergueiro, 2485 - Vila Mariana
contato@ueesp.org.br
(11) 5539-2342

Site criado por: Piovezam Soluções Web